Dia do Consumidor: conheça as categorias mais procuradas e saiba como se proteger de golpes | Gastar Bem

Por

As promoções para o Dia do Consumidor estão em pleno vapor nos e-commerces, marketplaces e lojas físicas do Brasil. Uma pesquisa conduzida pela LWSA, empresa especializada em serviços digitais para o varejo online, aponta que os consumidores estão mais otimistas este ano, com mais da metade (54%) disposta a gastar mais no e-commerce, focando em promoções e descontos em categorias como moda, beleza, smartphones e eletroeletrônicos.

No ano passado, as vendas durante as promoções do Dia do Consumidor aumentaram 11,8% em comparação com o mesmo período de 2022, entre os e-commerces que utilizam as integrações oferecidas pela LWSA para gerenciamento de vendas, estoque e logística em seus canais digitais e marketplaces.

Para as Pequenas e Médias Empresas (PMEs) que atuam em canais próprios e marketplaces para vendas online, a Semana do Consumidor representa uma oportunidade de crescimento de vendas. O Dia do Consumidor é a primeira data importante do comércio no ano, permitindo que os empreendedores impulsionem suas vendas e se preparem para outras datas significativas que virão, como a Páscoa e o Dia das Mães, conforme mencionado por Willians Marques, vice-presidente de Commerce SMB da LWSA.

Segundo Marques, os empreendedores devem se preparar com antecedência, seguindo as tendências de cada período, gerenciando a variedade e precificação dos produtos e todo o negócio – seja nos canais próprios como o site de e-commerce, nas redes sociais e nos marketplaces.

Enviar pelo WhatsApp compartilhe no WhatsApp

Um estudo recente realizado pela Octadesk, plataforma de atendimento da LWSA, em parceria com a Opinion Box, revelou que a praticidade e os preços mais baixos estão entre os principais atrativos para as compras online no Brasil. Os consumidores realizam em média de duas a cinco compras por mês no e-commerce, sendo que 54% planejam aumentar seus gastos nos próximos 12 meses.

Os preços mais baixos, a conveniência de comprar sem sair de casa e as promoções online são os principais atrativos para os consumidores. Em relação aos hábitos, 71% dos consumidores costumam fazer compras pelo smartphone, sendo que 65% utilizam as redes sociais para pesquisar sobre o produto antes de comprar. O chat online e o WhatsApp são os principais canais de atendimento para 69% dos entrevistados.

A maioria dos clientes revelou que começou a comprar online entre dois e cinco anos atrás, o que coincide com o crescimento do comércio eletrônico durante a pandemia, segundo Rodrigo Ricco, CEO da Octadesk.

Para quem deseja aproveitar a data, Bruno Fraga, especialista em segurança da informação e CEO do Grupo Fragax, alerta sobre os principais golpes aplicados em e-commerces e fornece dicas simples para se proteger contra fraudes, como estar atento a ofertas muito atraentes, registrar ocorrências em caso de golpes, preferir o pagamento com cartão de crédito, ter cuidado ao clicar em links e verificar a autenticidade das promoções.

Por fim, é essencial verificar os canais de atendimento ao cliente e evitar salvar os dados do cartão de crédito no navegador para garantir a segurança das informações financeiras.

📂 Valores