A partir de abril, a Caixa inicia financiamento de imóveis com FGTS Futuro.

Por

A instituição financeira divulgou que a novidade estará disponível dentro de até 15 dias para os trabalhadores que recebem até R$ 2.640, com o objetivo de adquirir imóveis novos e usados pelo programa Minha Casa, Minha Vida.

O FGTS Futuro poderá ser utilizado pelo titular da conta vinculada do FGTS, que precisará autorizar a caução dos créditos disponíveis nas contas do FGTS ao contratar o crédito habitacional, por um período de 120 meses. Essa autorização poderá ser feita pelo aplicativo FGTS Digital.

Enviar pelo WhatsApp compartilhe no WhatsApp

Durante o processo de contratação, a Caixa informará ao trabalhador a capacidade de pagamento para o financiamento, podendo ser com ou sem a utilização dos depósitos futuros. Caso o trabalhador opte pelo uso do FGTS Futuro, os valores serão bloqueados na conta vinculada até a quitação total do saldo devedor.

É importante ressaltar que, em caso de demissão, o trabalhador não poderá sacar o saldo da conta comprometido com o financiamento do imóvel. Todo o excedente disponível na conta do FGTS será utilizado para reduzir a dívida, com exceção da multa rescisória de 40% no caso de demissão, que é de responsabilidade exclusiva do trabalhador.

A escolha pela utilização do FGTS nessa modalidade é de responsabilidade exclusiva do trabalhador e é válida apenas para novos contratos de financiamento.

📂 Valores